Tatuagem e Concurso Publico

Por Ana Carvalho Publicado em 21 de maio de 2016


Uma grande duvida entre candidatos de concurso publico é sobre sua eliminação em virtude de possuir uma tatuagem. Na maior parte dos concursos, o assunto nem é citado, mas em alguns deles pode ocorrer a eliminação, mesmo depois de aprovados, como é o caso dos concursos militares.


Em São Paulo o assunto foi para a justiça e chegou no STF (Supremo Tribunal Federal) após candidatos que passaram na prova foram impedidos de assumirem por possuírem uma tatuagem.


Para não ocorrer problemas, é preciso que o candidato esteja bem atento ao edital do concurso, já que é ali que tudo deve estar especificado. Por exemplo, num dos últimos concursos da Polícia Militar do Estado de São Paulo, a regra do edital dizia que candidatos que tivessem tatuagem seriam submetidos à avaliação.


"As tatuagens não poderiam ser atentatórias contra a moral e os bons costumes e não poderiam ficar em regiões visíveis quando o candidato estivesse utilizando uniforme de treinamento físico, além de não poderem cobrir regiões ou membros do corpo em sua totalidade."


Como se pode ver, cada caso deve ser analisado em particular e os casos de eliminação também são passíveis de medidas judiciais.


O STF ainda analisa a decisão que foi de repercussão geral, pelo que parece existem mais votos a favor do que contra a tatuagem em candidatos de concurso publico.


Mas afinal, até que ponto uma tatuagem torna uma pessoa mais ou menos capaz de exercer um trabalho?!

Por mais tatuados no mercado de trabalho.

Façam seus comentários!




Avalie este post

Dê uma nota de 1 a 5 estrelas

Comentários

Faça um comentário sobre este post